Recorda desde a divina matriz o real propósito a que vens AQUI e pelo qual AGORA te manifestas!

Enquanto um diz: Namastê, te saúdo e te reconheço como a sagrada divindade. Em outro lugar, o outro pulsa: In lake´sh, eu sou o outro em você a serviço planetário da compreensão, da aceitação, da cura, da libertação e da realização.

Aquele que tudo vê, nos inspira e responde: "Com visão e esperança danço e canto para o coração divino." Acredito que assim nasce o puro, verdadeiro e divino AMOR, nossa responsabilidade básica.

Aqui e agora é tudo que existe de ETERNO. Respiro e sinto o que simplesmente É e dentro dessa Eternidade, a lembrança IMORTAL: SOMOS UM na Divina Presença.

Seja uno com cada ser-elemento manifesto e a gratidão lhe conecta na fonte de amor e alegria infinita, paz e compaixão infinita, paciência e tolerância infinita.

No espelho do ser, o reflexo D´eus. A união do Todo se traduz num som... OM... AMEM... silêncio!

OM TAT SAT OM...

sábado, 8 de maio de 2010

AMOR VIRTUAL E AMOR REAL


Um homem estava fazendo um novo piso de concreto.Tão logo virou as costas, uma multidão de crianças veio correndo, deixando pegadas por toda asuperfície do concreto fresco. Um vizinho, ao ouvi-lo praguejar, censurou-o:

"Eu pensei que você gostasse de crianças, Tadeu!”

"Eu gosto", ele respondeu.

- "No abstrato, mas não no concreto!”

É muito fácil amar as pessoas no abstrato; o verdadeiro problema surge no concreto...

E, lembre-se, a menos que você ame os seres humanos - seres humanos concretos, reais - todo o seu amor por árvores e pássaros seráfalso, simplesmente uma encenação...

Se você puder amar seres humanos, somente então surgirá um ponto em sua consciência de onde você poderá também amar pássaros, árvores e montanhas; mas isso acontece somente mais tarde...

Se você não pode penetrar uma realidade que está tão próxima, como podepenetrar uma realidade que está tão distante? Como é que você pode estar em comunhão com uma pedra? - não existe uma linguagem comum. Ou você terá de se tornar uma pedra ou a pedra terá de se tornar um ser humano.

De outra forma a distância é muito vasta, intransponível. Primeiro, transponha-a com as pessoas...

Eu sei que é possível amar uma árvore, mas isto somente quando você tiver amado os seres humanos tão profundamente, tão totalmente, que tenha encontrado árvores nos seres humanos, que tenha encontrado animais nos seres humanos, que tenha visto pássaros nos seres humanos, somente então...

Apaixone-se por seres humanos. Corra o risco, seja corajoso...

Sofra as dores do amor e os seus êxtases. Penetre mais profundamente nos seres humanos e logo descobrirá que nenhum ser humano é simplesmente um ser humano; um ser humano é um ser humano acrescido de toda a EXISTÊNCIA, porque ele é o mais alto ponto na evolução...

Você não sentiu, alguma vez, na mulher, que ela é um gato? Você já não olhou dentro dos olhos de uma mulher e de repente sentiu o gato lá dentro? Sem ter sido um gato, nenhuma mulher pode ser uma mulher...

E o mesmo ocorre com o homem - você encontrará o lobo...

Quanto mais fundo você for, mais vai encontrar coisas estranhas acontecendo...

E quando você estiver fazendo amor com uma mulher, se você puder se entregar totalmente, você estará fazendo amor com animais, com árvores, com pedras, com a própria EXISTÊNCIA...


"O AMOR PENSA SOMENTE NO VASTO,
É UMA ÁGUIA NO VENTO,
À PROCURA DO DESCONHECIDO..."
 
- Por Osho -

Nenhum comentário:

Postar um comentário