Recorda desde a divina matriz o real propósito a que vens AQUI e pelo qual AGORA te manifestas!

Enquanto um diz: Namastê, te saúdo e te reconheço como a sagrada divindade. Em outro lugar, o outro pulsa: In lake´sh, eu sou o outro em você a serviço planetário da compreensão, da aceitação, da cura, da libertação e da realização.

Aquele que tudo vê, nos inspira e responde: "Com visão e esperança danço e canto para o coração divino." Acredito que assim nasce o puro, verdadeiro e divino AMOR, nossa responsabilidade básica.

Aqui e agora é tudo que existe de ETERNO. Respiro e sinto o que simplesmente É e dentro dessa Eternidade, a lembrança IMORTAL: SOMOS UM na Divina Presença.

Seja uno com cada ser-elemento manifesto e a gratidão lhe conecta na fonte de amor e alegria infinita, paz e compaixão infinita, paciência e tolerância infinita.

No espelho do ser, o reflexo D´eus. A união do Todo se traduz num som... OM... AMEM... silêncio!

OM TAT SAT OM...

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Nascimento



Na graça da Divina Luz o Ser é concebido, com a seiva da vida e o sopro do amor. Lembro que vim por uma lágrima da árvore, que chorou de emoção ao ver descer a Divina Luz no casamento do Sol com a Lua, entre o céu imenso e a vasta terra.

Dessa lágrima que em gota do orvalho deslizou numa folha gentil, fui carregada suave pelo ar na aurora silenciosa da manhã e recebida ternamente pela rocha majestosa.

À beira do rio, no fluxo corrente da existência, nasci nutrida e banhada pelos raios do sol que por vezes se despediam da noite e da sua amada luz da lua, seu espelho translúcido. Quando o sol se esconde no horizonte, é para recolher-se e meditar na plenitude do Si mesmo.

Cresci com a árvore me oferecendo sombra e acalento; o ar me abençoando na respiração consciente; a rocha me ofertando suporte; o rio de água pura lavando meu corpo, minha mente e alma. O sol me aquecendo durante o dia, a lua me ninando durante a noite. No terno colo gentil do Ilimitado Pai e da Infinita Mãe, ambos me afagando na doçura da presença sublime.

Os amáveis animais que habitavam esta serena mata, vinham a mim com alimentos colhidos dos frutos e flores, das sementes e ervas. Até que me ensinaram a fazer isso por mim mesma.

E assim, este crescer a fluir e evoluindo integrada entre os elementos e os seres elementais, entre a natureza e os seres vivos, entre anjos e guardiões, entre a diversidade tão única, acreditando no ser natural e espontâneo. Saiba que o vento uiva muitos segredos que ainda não podem ser entendidos por aquele que não se abre à pureza do bom coração.

Os pássaros me ensinaram a cantar; as folhas nas copas das árvores e os bambus me ensinaram a dançar; as flores me ensinaram as virtudes nas cores e toda a diversidade encantada fazendo seu papel em me educar nos reais valores, com respeito, amor e compaixão.

Todo o dia o beija-flor me relembra a graça divina e num beijo recebo o carinho de sua brisa. Em seu vôo ágil, brilha radiante e me sussurra feliz: “Filha da Luz! Tu és Luz!”. Acredito que ele diz isso a todos por onde passa como mensageiro divino, porém nem todos páram para receber a mensagem nesse sinal tão belo e singelo.

Na dança das copas das árvores com o vento, algumas folhas caiam se espiralando em torno de mim. E a brincadeira acontecendo no cultivo de um encanto sem par. Aprender a beleza da integração, aprender a riqueza da simplicidade, aprender na força suave da natureza o que está além de palavras - o sentir...

Um dia, num beijo pela picada da serpente, recebi a magnífica iniciação do renascimento, no poder do veneno encontrei a sabedoria da transmutação. E a força vital que brilhava por meus poros e olhos, me fez ver o outro lado da vida que é a morte contínua de si mesmo.

Enquanto a larva e a borboleta me instruíam em como efetivar a real transformação do Ser, vez ou outra, a chuva deliciosa derramando-se sobre a terra fertilizando a beleza da vida renovada. Outras vezes os planetas e astros brincavam de esconde-esconde, enquanto os cometas e asteróides eram como pequenas estrelas rasgando o azul noturno do céu em raios de luz que escorriam pelo espaço, invocando o chamado do DESPERTAR!

Na agilidade serelepe dos esquilos; na alegria incrível dos cachorros e na liberdade inteligente dos gatos aprendo a amizade da pureza bondosa. Fortaleço-me na ordem e disciplina das formigas, me rendo na entrega das cigarras, e com cada bicho um aprendizado magnânimo.

Sou um terno aprendiz, um eterno imortal...

E um dia conheci os humanos, mas aqui já é outra estória.

* * *

Por Átma

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Braseiro de AMOR



“No centro do meu coração,
guardo para Ti um trono místico.
 As velas acesas de minhas alegrias
lançam uma luz tênue,
na esperança de Tua chegada.

Quando apareceres,
elas arderão com maior brilho.
Mas venhas ou não, esperarei por Ti,
até que minhas lágrimas
dissolvam toda rudeza material.”

* * *

Paramahansa Yogananda (Meditações Metafísicas)

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Ativação Crística


“Ó Cristo vivo, presente no corpo de Jesus 
e em todos nós,
manifesta-Te

na essência de Tua glória, na força de Tua luz, 
no poder de Tua sabedoria perfeita.”

Paramahansa Yogananda, Leituras para Serviços

 
“ Receber Cristo não se dá por simples afiliação a uma igreja, nem por rituais externos de reconhecimento de Jesus como salvador sem contudo o conhecer de fato por meio do contato com ele em meditação. Conhecer Cristo significa fechar os olhos, expandir a consciência e aprofundar a concentração de tal modo que, através da luz interior da intuição da alma, se possa participar da mesma consciência que Jesus tinha."
                                                                                                                    
Paramahansa Yogananda, A Yoga de Jesus

 

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Integração




ARCANJO METATRON
Canalizador: Simon NightStarr

Eu Sou o Arcanjo Metatron.

Minha função é lhes proporcionar ferramentas e informação para a sua ascensão, que também é chamada de síntese, integração e despertar.

Chamem-na como desejarem, mas nosso trabalho conjunto trata da cura da mente fragmentada.

Nós, Anjos, temos infinitos meios para ajudá-los na aceleração do seu despertar; e um deles, que estou oferecendo aqui, se chama "Infusão da Luz Diamante".

Quando vocês permitem uma infusão da divindade que vocês são, essa integração faz com que vocês se desfragmentem.

Em uma linguagem simples, vocês simplesmente começam o processo de cura no momento em que permitem que vocês se sintam melhor.

A integração forma e fortifica a integridade. Todos vocês querem isso, não querem?

A Infusão da Luz Diamante ajudará muito para vocês se sentirem mais fortificados e mais poderosos!

Agora, vamos começar aqui com o que eu chamarei de "Os Três Eu's". Eles são: intenção, infusão e integridade, e funcionam em vocês nessa ordem.

Sua intenção de utilizar esta Energia da Luz Diamante ativa seu DNA para tornar-se mais receptivo a ela, e depois ela é absorvida no seu campo áurico de energia.

Esta absorção da Luz Diamante é a infusão, e quando ela se infiltra através da sua consciência, ela constrói ou cria um senso de integridade dentro de vocês.

Entendam que utilizar essa energia não é erigir uma muralha de proteção; é o contrário, é remover as defesas do seu ego, um "tijolo" por vez (ou quantos e na velocidade que vocês puderem permitir).

Criar através da alegria é sua única intenção verdadeira.
 
O ego encontra incontáveis meios para interromper a sua alegria, e se vocês realmente perceberem isso, vocês descobrirão que ele não pode tocar a pureza da alegria; ele pode somente deixá-los sentindo-se confusos temporariamente ou com uma sensação de segurança limitada. Ele não pode desfigurar a beleza e a integridade do Diamante chamado Alma.

Portanto, saibam que a sua intenção é uma poderosa força criativa quando é utilizada a serviço da alegria.

Aqueles de vocês que encontraram esta mensagem estão prontos para esta infusão. Acreditam nisto?

O que é a Luz Diamante?

Ela é justamente a radiação da sua própria divindade, da sua própria alma. Porque vocês pensam que os diamantes são considerados tão "preciosos" pelo seu mundo? Porque há uma pálida lembrança da sua verdadeira Luz, da sua verdadeira integridade e transparência e o diamante terrestre de certo modo lembra-lhes disto, mesmo num ponto estático celular/DNA.
Os diamantes são cristalinos e, como cristais, eles às vezes são utilizados na sua tecnologia humana.
O diamante não é o melhor amigo de uma garota, mas a sua Alma-Diamante é, já que ela jamais falhará em infundi-los com mais de sua radiação pura.

Por favor, dediquem um momento agora para a evocação da lembrança da sua alma.
Inspirem a Luz do Diamante Divino que vocês são. Sejam puros na sua intenção para isto e permitam, e a Luz Diamante fará o resto. Isto deve ser uma prática contínua.

Vocês não precisam visualizar nada ou usar quaisquer processos mágicos, mas estes são úteis por algum tempo, até chegar o dia em que vocês estiverem totalmente confiantes de que vocês não mais precisam deles.

Vocês estão simplesmente regressando para vocês mesmos. É disto que se trata este processo.
A integração ao seu Eu multifacetado, em que as muitas facetas desaparecem na radiação pura do Estado de Ser da alma. Os diamantes refratam luz e a Luz Diamante se refrata em dimensões infinitas.

É isto que a alma faz e ela ama totalmente cada uma de suas partes, pois cada parte é holográfica em natureza.

Enfim, vocês são o Todo Infinito ou a Própria Unidade, em que não existe separação, considerando que na visão de multidimensionalidade vocês parecem habitar infinitos universos.
A época é agora quando muitos de vocês sentem um desejo de retornar ao um estado de ser mais integrado, e é disto que trata a evocação da Luz Diamante.

Agora vou lhes fornecer visualizações que ajudam na absorção da Luz Diamante (e vocês podem inventar suas próprias visualizações ou alterar do modo como lhes agradar).

Todos vocês conhecem a rotina.

É recomendado que vocês comecem indo para um ambiente calmo, livre de distrações, etc.
Isto é senso comum para a maioria de vocês que está lendo isto, então vamos começar a visualização.

Muito simples.

Imaginem que vocês já são o que eu chamo de Alma-Diamante. Ela pode ser vista pelo olho interno como um magnífico Diamante radiante que pulsa e vibra a 144 oscilações por segundo. Vocês estão vibrando tão rápido que vocês nem têm tempo para pensar! - pois vocês estão simplesmente desfrutando as vibrações da Luz.

Sintam a alegria.

Respirem.

A Alma-Diamante inspira mais de sua própria essência e ela nunca para.

Agora imaginem, ou tenham a sensação de sentir, uma infinidade de cores; todas as cores conhecidas do espectro físico e uma infinita gama de cores delicadas que os olhos humanos nunca viram.

Todas essas cores lindas nadam dentro da Alma-Diamante que vocês são interagindo e afetando umas às outras em seus movimentos alegres.

Muitos de vocês podem ter percebido que parte desta visualização é uma metáfora de muitas encarnações da alma multidimensional, cada uma afetando a outra simultaneamente, mas eu peço que vocês se permitam ir além do deslumbramento e do encantamento do jogo de encarnações e comecem a se SENTIR enquanto transcendem todas as realidades.

Vocês são a Própria Realidade e agora é a época para muitos de vocês começarem a se acostumar a esta verdade.

Eu posso infundi-los com a Luz Diamante quando me chamarem, meus amigos.

Eu estou aqui como um embaixador Angélico dessa Luz, na qual todos nós vivemos e conhecemos como Lar.
Lembrem-se dos Três Eu's, principalmente do primeiro, intenção, pois ela é o seu ponto de partida.
Olhem para dentro e SINTAM, pois vocês são a Integridade de Deus.
Eu Sou o Arcanjo Metatron.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

A Energia Vital, o poder que cura

"O poder da mente traz consigo
a infalível energia de Deus;
esse é o poder que você deseja ter no corpo.

E existe um modo de atrair esse poder:
a comunhão com Deus pela meditação.

Quando sua comunhão com Deus for perfeita,
a cura será permanente.
Quando o poder causal de Deus se manifesta,
o efeito terapêutico é instantâneo;
nenhum decurso de tempo é necessário
para a causa amadurecer em efeito."
Paramahansa Yogananda






"O que anda no teu alento e brilha nos teus olhos, é prana*. Vemos, ouvimos, apalpamos, saboreamos, cheiramos e pensamos por meio do prana. O sorriso de uma bela mulher, a melodia de uma música e as palavras do orador nascem do prana. Prana é energia."

- Swami Vivekananda -


* Prana - do sânscrito - sopro vital; força vital; energia.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Oração / Profecias e Física Quântica


* * * por mani@humanitatis.com

Muitas são as profecias que anunciam o final dos tempos. Os Maias, por exemplo, esse povo misterioso que viveu na península de Yucatan há 1.500 anos e desapareceu por volta de 830 d.C., deixou em seu calendário profecias aterrorizantes sobre o fim de um ciclo cósmico que se daria no ano 2012. As profecias bíblicas de Enock, Isaías e João, os manuscritos dos Essênios, as visões de Edgar Cayce no século XX, e até os nativos americanos previram cataclismas, guerras, fome, morte, terror, pestes e inundações para o início de nossa era.

Tudo isso parece que está realmente se concretizando em nossos tempos. Ainda assim, e contra todas as evidências, é preciso perguntar: será que devemos tomar ao pé da letra o que dizem as profecias? Há algo estranho e incompreensível na maioria delas. Paralelamente ao apocalipse, todas essas profecias fazem referência a um tempo de paz, harmonia e prosperidade logo em seguida às terríveis previsões apocalípticas.

Sempre ouvimos que depois da tempestade vem a bonança. Ou seja, primeiro o inferno da destruição, depois o paraíso. Mas, será mesmo esta, a ordem das coisas nas profecias? Apocalipse é uma palavra de origem grega que significa ‘revelar’ ou ‘manifestar’. Estariam os profetas se referindo a uma “manifestação” provável caso aquelas condições iniciais não fossem mudadas? Não estariam eles nos advertindo da necessidade de uma mudança de atitude e valores? Nesse caso, não podemos falar de um determinismo das profecias, e sim de uma advertência. Se tomarmos o significado da palavra, o apocalipse seria a “manifestação” de uma possível situação de calamidade baseada em determinadas condições. Se essas condições mudarem, o resultado também mudaria.

Por exemplo: vivemos atualmente o pesadelo do aquecimento global, causado por condições bastante conhecidas de uma economia que não respeita as leis da natureza. Se essas condições mudarem, o aquecimento também poderia ser controlado. No entanto, para essas condições mudarem é preciso primeiro mudar as consciências.

A ciência moderna afirma que é impossível determinar o futuro. Não existe determinismo. Existem sim, tendências. A física quântica explica que quando estabelecemos o movimento de algo, perdemos sua localização; se o localizamos, perdemos seu movimento. Ou seja, não podemos prever absolutamente nada. Esse princípio foi desenvolvido pelo físico Werner Heisenberg, e é conhecido como ‘princípio da Incerteza’. Deu origem à teoria segundo a qual tudo que temos são ‘possibilidades’.

O que estou tentando dizer é que talvez devêssemos fazer uma outra leitura dessas profecias com a chave da física quântica. Na antiguidade, os profetas não possuíam outra linguagem para expressar o ‘fator’ possibilidade senão falando em apocalipse, cataclismos, destruição. Foi preciso que chegássemos ao 3º milênio para que, com a ajuda da física quântica, pudéssemos compreender que o futuro é um produto da consciência focada no agora.

Quando os manuscritos do Mar Morto foram encontrados, em 1946, dentro das cavernas de Qumran, tivemos acesso a um conhecimento muito antigo de um povo chamado “essênio”, que vivia em paz pastoreando seus rebanhos pelas montanhas. Nesses manuscritos havia uma referência aos Anjos, que significavam as forças e as leis naturais que hoje conhecemos como eletricidade, magnetismo, elementos. Para os essênios, orar era conversar com os Anjos. Eles expressavam uma visão holística e unificada entre a Terra e o corpo humano. E afirmavam uma identidade entre todas as coisas existentes.

Em sua visão unificada, havia a compreensão de que, se o fio comum que liga nosso corpo à mãe Terra se romper, haverá morte, destruição e desconexão com as forças da natureza. Através de uma espécie de tecnologia espiritual, esse povo de grande sabedoria tinha consciência de que somos nós que criamos as condições que atraem as consequências futuras. E para manter essa conexão cósmica, praticavam uma tecnologia quase esquecida, que se chama ‘oração ativa’ – a união do pensamento, da emoção e do sentimento. Sua oração era uma certa conexão com as forças elementais e eletromagnéticas (os Anjos), espécie de visualização intensamente dramática daquilo que desejavam ver realizado.

Bem diferente de nossas preces petitórias de hoje, em que conclamamos que um poder superior e externo a nós venha em nosso auxílio, a oração dos essênios se baseava numa outra perspectiva. Primeiramente, era preciso criar a conexão com o Todo e a paz de espírito. Para fazer isto é necessário se envolver ativamente na oração. Transformar-se nela.

O efeito da oração ativa não deriva das palavras que são ditas; sua força são os sentimentos que elas evocam. O segredo da oração ativa está na união do pensamento com a emoção, a verdadeira energia que dá vida às palavras, para que desta união surja o sentimento de paz. Isto só acontece quando a prece se torna um agradecimento. A gratidão é o agradecimento por um desejo já realizado. Aqui está o grande mistério da oração: ela provoca uma mudança quântica. O futuro se faz presente. O desejo se vê realizado. A alma se pacifica porque ela está no agora, no âmago das forças angelicais da criação.

A versão aramaica original da conhecida frase “Pedi e recebereis”, é: “Tudo que pedirdes reta e diretamente (...) de dentro do meu Nome, vós o tereis. Até agora não o fizeste. Pedi sem motivo oculto e sereis rodeados pela resposta. Sede envolvidos pelo que desejais, para que vossa alegria seja completa (...)” (Neil Douglas-Klotz, Meditations on the Aramaic Words of Jesus). Aqui está claramente uma exortação ao envolvimento, à emoção, à união com o Todo no presente.

Portanto, a chave para uma outra leitura das profecias está no resgate de nosso poder de criar a realidade que desejamos. Se a oração individual é tão poderosa, capaz de ‘mover montanhas’, do que seria capaz a oração coletiva? Que forças poderiam ser mobilizadas se um grande número de pessoas descobrisse o poder da oração ativa? Pensamentos, emoções e sentimentos são vibrações. Por isso atuam na matéria. Esta é a verdadeira tecnologia espiritual. Esse é o poder da consciência que pode mudar as profecias.

terça-feira, 12 de julho de 2011

Terapa do Elogio

"Uma antiga e sábia oração dos índios Sioux,
roga a Deus o auxílio para nunca julgar o próximo
antes de ter andado sete dias com as suas sandálias.

Isto quer dizer que antes de criticar,
julgar e condenar uma pessoa,
devemos nos colocar no seu lugar
e entender os seus sentimentos mais profundos."




* * * Arthur Nogueira (Psicólogo)

Renomados terapeutas que trabalham com famílias divulgaram uma recente pesquisa onde nota-se que os membros das famílias brasileiras estão cada vez mais frios; não existe mais carinho, não valorizam mais as qualidades,só se ouvem críticas.

As pessoas estão cada vez mais intolerantes e se desgastam valorizando os defeitos dos outros.

Por isso, os relacionamentos de hoje não duram. A ausência de elogio está cada vez mais presente nas famílias de média e alta renda. Não vemos mais homens elogiando suas mulheres ou vice-versa; não vemos chefes elogiando o trabalho de seus subordinados; não vemos mais pais e filhos se elogiando, amigos, etc

Só vemos pessoas fúteis valorizando artistas, cantores, pessoas que usam a imagem para ganhar dinheiro e que, por conseqüência, são pessoas que tem a obrigação de cuidar do corpo, do rosto. Essa ausência de elogio tem afetado muito as famílias. A falta de diálogo em seus lares, o excesso de orgulho impede que as pessoas digam o que sentem e levem essa carência para dentro dos consultórios.

Acabam com seus casamentos, acabam procurando em outras pessoas o que não conseguem dentro de casa. Vamos começar a valorizar nossas famílias, amigos, alunos,subordinados. Vamos elogiar o bom profissional, a boa atitude, a ética, a beleza de nossos parceiros ou nossas parceiras, o comportamento de nossos filhos.

Vamos observar o que as pessoas gostam. O bom profissional gosta de ser reconhecido, o bom filho gosta de ser reconhecido, o bom pai ou a boa mãe gostam de ser reconhecidos, o bom amigo, a boa dona de casa, a mulher que se cuida, o homem que se cuida, enfim vivemos numa sociedade em que um precisa do outro. É impossível um homem viver sozinho. E os elogios motivam a vida de qualquer pessoa.

Quantas pessoas você poderá fazer feliz hoje elogiando de alguma forma?

Pense nisso!

"Tristes tempos os nossos!
É mais facil desintegrar um átomo
que um preconceito".

Einsten

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Krishna é Azul


Hare Krishna!

Todas as glórias a Srila Prabhupada!

* * *

Recentemente li um texto sobre o azul... eu o entendi assim: Sabe-se que Vishnu, Sri Krishna, Rama e Shiva aparecem mostrados com a pele azulada. Azul é a cor do infinito! A cor azul também representa a eternidade. O azul simboliza a realidade inconmensuravel e toda dominante.

Na materia é dito que qualquer coisa que seja inconmensuravel pode ser percebida aos olhos humanos somente na cor azul. Assim é o céu, para nós, porque a distância infinita do espaço é interpretada por nossos olhos físicos como a cor azul.

A cor azul nos ensina que o Senhor Vishnu, Senhor Krishna e suas formas transcendentais na realidade são todas dominantes, infinitas e eternas. O Senhor é azul… Ele toma esta forma particular para satisfazer a mente humana.

* * *

Quando a escuridão mais profunda cercar seu caminho, lembre-se do meu azul e do meu sorriso preenchendo sua consciência.

Lembre-se de que o fogo do discernimento está ardendo em seu ser. Por sua ação purificadora, as camadas do ego são obliteradas.

Aja em nome da virtude e não tema os aguilhões das trevas.

Siga a senda da boa vontade e seja digno dos objetivos.

Encha o tubo central de sua coluna com o azul de minha alma na sua.

Faça um rio azul ascender pela coluna e alcançar o lótus das mil pétalas (chacra coronário, no topo da cabeça).

Queime suas imaturidades no fogo da sabedoria.

Erga os olhos espirituais e veja o azul do céu na nave de seu coração.

Siga firme e fique contente, pois o azul do Senhor sempre protege aqueles que trilham o caminho da luz.

Esse é o recado de Krishna para os viajantes dos caminhos espirituais.

- Ananda -

(Recebido espiritualmente por Wagner D. Borges; SP, 03/10/98)