Recorda desde a divina matriz o real propósito a que vens AQUI e pelo qual AGORA te manifestas!

Enquanto um diz: Namastê, te saúdo e te reconheço como a sagrada divindade. Em outro lugar, o outro pulsa: In lake´sh, eu sou o outro em você a serviço planetário da compreensão, da aceitação, da cura, da libertação e da realização.

Aquele que tudo vê, nos inspira e responde: "Com visão e esperança danço e canto para o coração divino." Acredito que assim nasce o puro, verdadeiro e divino AMOR, nossa responsabilidade básica.

Aqui e agora é tudo que existe de ETERNO. Respiro e sinto o que simplesmente É e dentro dessa Eternidade, a lembrança IMORTAL: SOMOS UM na Divina Presença.

Seja uno com cada ser-elemento manifesto e a gratidão lhe conecta na fonte de amor e alegria infinita, paz e compaixão infinita, paciência e tolerância infinita.

No espelho do ser, o reflexo D´eus. A união do Todo se traduz num som... OM... AMEM... silêncio!

OM TAT SAT OM...

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Estrela do Amor


Um pedido agora eu faço
Para eu poder renascer
E acordar realizado
Bem juntinho do poder

Mãe divina e soberana
Vós que tem todo o poder
Ilumina a minha vida
Vou eterno agradecer

O caminho vou seguindo
Com firmeza e com amor
Me entregando a vontade
Do supremo Cristo eu sou

Meus irmãos o tempo é este
De pulsar o puro amor
E o Caminho do Coração
É quem nos dá essa flor

Me alinhando com a verdade
Daquilo que eu sou
Só posso é dizer contente
Eu sou o puro amor

O meu pai é maravilha
Minha mãe é um primor
Sou o filho abençoado
Do mistério do amor

Vou cantar todas as glorias
Do império do amor
Auxiliando o meu irmão
Que ainda não enxergou

Por aqui vou encerrando
Este cântico do amor
A entrega eu faço a Deus
Ao Cristo que Eu Sou

* * *

Prem Baba



segunda-feira, 11 de abril de 2011

Se...

Se, ao final desta existência, Alguma ansiedade me restar
E conseguir me perturbar;
Se eu me debater aflito
No conflito, na discórdia…

Se ainda ocultar verdades
Para ocultar-me,
Para ofuscar-me com fantasias por mim criadas…

Se restar abatimento e revolta
Pelo que não consegui
Possuir, fazer, dizer e mesmo ser…

Se eu retiver um pouco mais
Do pouco que é necessário
E persistir indiferente ao grande pranto do mundo…

Se algum ressentimento,
Algum ferimento
Impedir-me do imenso alívio
Que é o irrestritamente perdoar,

E, mais ainda,
Se ainda não souber sinceramente orar
Por quem me agrediu e injustiçou…

Se continuar a mediocremente
Denunciar o cisco no olho do outro
Sem conseguir vencer a treva e a trave
Em meu próprio…

Se seguir protestando
Reclamando, contestando,
Exigindo que o mundo mude
Sem qualquer esforço para mudar eu…

Se, indigente da incondicional alegria interior,
Em queixas, ais e lamúrias,
Persistir e buscar consolo, conforto, simpatia
Para a minha ainda imperiosa angústia…

Se, ainda incapaz
Para a beatitude das almas santas,
precisar dos prazeres medíocres que o mundo vende…

Se insistir ainda que o mundo silencie
Para que possa embeber-me de silêncio,
Sem saber realizá-lo em mim…

Se minha fortaleza e segurança
São ainda construídas com os materiais
Grosseiros e frágeis
Que o mundo empresta,
E eu neles ainda acredito…

Se, imprudente e cegamente,
Continuar desejando
Adquirir,
Multiplicar,
E reter
Valores, coisas, pessoas, posições, ideologias,
Na ânsia de ser feliz…

Se, ainda presa do grande embuste,
Insistir e persistir iludido
Com a importância que me dou…

Se, ao fim de meus dias,
Continuar
Sem escutar, sem entender, sem atender,
Sem realizar o Cristo, que,
Dentro de mim,
Eu Sou,
Terei me perdido na multidão abortada
Dos perdulários dos divinos talentos,
Os talentos que a Vida
A todos confia,
E serei um fraco a mais,
Um traidor da própria vida,
Da Vida que investe em mim,
Que de mim espera
E que se vê frustrada
Diante de meu fim.

Se tudo isto acontecer
Terei parasitado a Vida
E inutilmente ocupado
O tempo
E o espaço
De Deus.
Terei meramente sido vencido
Pelo fim,
Sem ter atingido a Meta.

* * *

Professor Hermógenes

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Sete Passos para Ultrapassar o Jogo do Ego

Aqui estão sete sugestões para o ajudar a transcender ideias arraigadas acerca da auto-importância. Todas elas são concebidas para o ajudar a impedir que se identifique falsamente com o auto-importante ego.

1. Pare de se sentir ofendido

O comportamento dos outros não é uma razão para ser imobilizado. O que o ofende só o torna mais fraco. Se está à procura de ocasiões em que foi ofendido, irá descobri-las em todo o lado. Trata-se do seu ego a funcionar convencendo-o de que o mundo não deveria ser como é. Mas você pode tornar-se um apreciador da vida e igualar-se ao Espírito da Criação universal. Não pode tocar o poder da intenção ao ser ofendido. Por todos os meios, aja no sentido de erradicar os horrores do mundo que emanam da identificação massiva com o ego, mas fique em paz. Como Um Curso em Milagres nos relembra: a Paz é de Deus, você que é parte de Deus não está em casa excepto na sua paz. Sendo de Deus, você que é parte de Deus, não está em casa excepto na sua paz. Sentir-se ofendido cria a mesma energia destrutiva que o ofendeu em primeiro lugar e leva-o ao ataque, ao contra-ataque e à guerra.

2. Deixe ir a sua necessidade de vencer

O ego adora dividir-nos em vencedores e perdedores. O objectivo de ganhar é um meio infalível para evitar que a consciência contacte com a intenção. Porquê? Porque, em última instância, é impossível ganhar sempre. Alguém por aí vai ser mais rápido, ter mais sorte, ser mais jovem, mais forte e mais esperto e você vai voltar a sentir-se inútil e insignificante.

Você não é os seus ganhos ou as suas vitórias. Pode gostar de competir e de se divertir num mundo em que vencer é tudo, mas não tem que estar lá nos seus pensamentos. Não há perdedores num mundo onde todos partilhamos a mesma fonte de energia. Tudo o que você pode dizer é que, num dado dia, realizou um certo nível em comparação com os níveis dos outros nesse dia. Mas hoje é outro dia, com outros competidores e novas circunstâncias para considerar. Você é ainda uma presença infinita em um corpo que é um dia (ou década) mais velho. Deixe ir a necessidade de ganhar ao não concordar que o oposto de ganhar seja perder. Esse é o medo do ego. Se o seu corpo não está a fazer de forma a ganhar neste dia, isso simplesmente não importa quando não você não se identifica exclusivamente com o seu ego. Seja o observador, reparando e desfrutando de tudo sem a necessidade de ganhar um troféu. Esteja em paz e harmonize-se com a energia da intenção. E, ironicamente, embora você mal dê por isso, surgirão mais vitórias na sua vida à medida que menos as procurar.

3. Deixe ir a sua necessidade de ter razão

O ego é a fonte de imensos conflitos e dissensões porque o empurra na direcção de fazer dos outros errados. Quando você é hostil, desconectou-se do poder da intenção. O Espírito criativo é amável, amoroso e receptivo; e livre de raiva, ressentimento ou amargura. Deixar ir a sua necessidade de estar certo nas suas discussões e relações é como dizer ao ego, Eu não sou um escravo teu. Eu quero abraçar a amabilidade, e rejeito a tua necessidade de estar certo. De facto, vou oferecer a esta pessoa a oportunidade de se sentir melhor dizendo-lhe que está certa e agradecer-lhe por me apontar na direcção da verdade.

Quando você deixa ir a necessidade de ter razão, é capaz de fortalecer a sua conexão com o poder da intenção. Mas tenha em atenção que o ego é um combatente determinado. Já vi pessoas terminarem relações, de outro modo bonitas, por aderirem à sua necessidade de estarem certas. Eu incito-o a deixar ir esta necessidade condutora do ego de ter razão parando você mesmo no meio de uma discussão e perguntando-se, Quero ter razão ou quero ser feliz? Quando escolhe o humor feliz, amoroso e espiritual a sua conexão com a intenção é reforçada. Estes momentos expandem, em última análise, a sua nova conexão ao poder da intenção. A Fonte universal irá começar a colaborar consigo criando a vida que você está destinado a viver.

4. Deixe ir a sua necessidade de ser superior

A verdadeira nobreza não tem a ver com ser melhor do que ninguém. Tem a ver com ser melhor do que você costumava ser. Fique centrado no seu crescimento, com uma consciência constante de que ninguém que está no planeta é melhor do que ninguém. Todos nós emanamos da mesma força vital criativa. Todos temos uma missão para realizar a nossa essência destinada; tudo o que precisamos para cumprir o nosso destino está disponível para nós. Nada disto é possível quando se vê a si mesmo como superior aos outros.

É um velho ditado, mas nem por isso menos verdadeiro: todos somos iguais aos olhos de Deus. Deixe ir a sua necessidade de se sentir superior vendo a manifestação de Deus em todos. Não avalie os outros com base na sua aparência, realizações, posses e outros indícios do ego. Quando você projecta sentimentos de superioridade é o que recebe de volta, levando a ressentimentos e, afinal de contas a sentimentos hostis. Estes sentimentos tornam-se no veículo que o leva para mais longe da intenção. Um Curso em Milagres visa esta necessidade de ser especial e superior: “A especialidade faz sempre comparações. É estabelecida por uma falta vista no outro e mantida por procurar e manter claro à vista todas as faltas que possa perceber.

5. Deixe ir a sua necessidade de ter mais

O mantra do ego é mais. Nunca está satisfeito. Não importa o quanto você realize ou adquira, o seu ego vai insistir que não é suficiente. Vai encontrar-se num estado perpétuo de esforço e eliminar qualquer possibilidade de alguma vez chegar. No entanto, na realidade você já chegou e como escolhe usar este momento presente da sua vida é sua escolha. Ironicamente, quando você pára de precisar de mais, mais do que deseja parece chegar à sua vida. Desde que esteja desapegado da necessidade, vai achar mais fácil transmiti-lo aos outros porque percebe como precisa de pouco para estar satisfeito e em paz.

A Fonte universal está contente consigo mesma, constantemente em expansão e a criar vida nova, nunca tentando manter as suas criações para os seus próprios propósitos egoístas. Ela cria e deixa ir. À medida que deixar ir a necessidade do ego de ter mais, você identifica-se com essa Fonte. Você cria, atrai para si e deixa ir, nunca exigindo que venha mais. Como um apreciador de tudo o que se manifesta, você aprende a poderosa lição que São Francisco de Assis ensinou: “… é dando que nós recebemos.” Ao permitirmos que a abundância flua em e através de si, você combina com a sua Fonte e garante que esta energia continuará a fluir.

6. Deixe de se identificar com base nas suas realizações

Este pode ser um conceito difícil se você pensar que é as suas realizações. Deus escreve toda a música, Deus canta todas as canções, Deus constrói todos os edifícios. Deus é a fonte de todas as realizações. Posso ouvir o seu ego a protestar em voz alta. Não obstante, permaneça sintonizado com esta ideia. Tudo emana da Fonte! Você e essa Fonte são um! Você não é este corpo e as suas realizações. Você é o observador. Note tudo isso e esteja grato pelas capacidades que tem acumulado. Mas conceda todos os créditos ao poder da intenção que o trouxe para a existência e da qual você é uma parte materializada. Quanto menos precisar de ter os créditos pelas suas realizações e mais conectado permanecer com as sete faces da intenção, mais você é livre para realizar e mais lhe será mostrado para si. É quando se apega a essas conquistas e acredita que faz todas essas coisas sozinho que abandona a paz e a gratidão da sua Fonte.

7. Deixe ir a sua reputação

A sua reputação não está localizada em si. Ela reside na mente dos outros. Portanto, você não tem controlo sobre ela de todo. Se você falar com 30 pessoas, terá 30 reputações. Conectar-se com a intenção significa escutar o seu coração e conduzir-se com base no que sua voz interior lhe diz que é o seu propósito. Se estiver excessivamente preocupado com a forma como vai ser apreendido por todos, então desconectou-se da intenção e deixou que as opiniões dos outros o orientassem. Trata-se do seu ego a funcionar. Trata-se de uma ilusão que permanece entre si e o poder da intenção.

Não há nada que possa fazer, a menos que se desligue da fonte do poder e se convença de que o seu propósito é provar aos outros como é poderoso e superior, e desperdice a sua energia a tentar ganhar uma reputação gigante entre os outros egos. Faça o que faz porque a sua voz interior está sempre conectada e agradecida à sua Fonte pelo modo como o dirige. Permaneça na intenção, desapegue-se dos resultados e assuma a responsabilidade pelo que reside em si: o seu carácter. Deixe a sua reputação para os outros discutirem; isso não tem nada a ver consigo. Ou como diz o título de um livro: O Que Você Pensa de Mim Não é Assunto Meu!

* * *

Wayne W. Dyer, Ph.D. é um autor e orador reconhecido internacionalmente no campo do auto-desenvolvimento. É autor de 30 livros, criou muitos programas de áudio e vídeo e participou em milhares de espectáculos de TV e de Rádio. Os seus livros Manifeste o Seu Destino, Sabedoria das Idades, Existe uma Solução Espiritual para Cada Problema e os mais vendidos do New Yorque Times 10 Segredos para o Sucesso e a Paz Interior, O Poder da Intenção, Inspiração e Mude os Seus Pensamentos – Mude a Sua Vida foram todos destacados como especiais pela National Public Television.

Visite www.drwaynedyer.com para mais informações.

* * *

Fonte: www.spiritlibrary.com

Tradução: Ana Belo – anatbelo@hotmail.com

terça-feira, 5 de abril de 2011

Que vida bela, quão linda e colorida!


COR e LUZ , AMOR e PAZ
c ore LUZ de A more pa Z
...

Viva essa arte
da vida artista de artista

VIVA VIDA LUZ
VIDA VIVA LUZ
LUZ... LUZ... LUZ

...

Alegrias...
Harmonias...
Frequências...
Sincronias...

pelos dias
tecendo.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Som do Coração


Abençoadas são as pessoas ricas de espírito, capazes de ouvirem o som do coração e fazerem tocar uma sinfonia ÚNICA chamada AMOR.

“O Som do Coração” é um filme lindo! Ele conta a história de um menino muito especial, apaixonado pela música e que sonha reencontrar os seus pais. Sem sombra de dúvida “Uma história comovente. A magia da música e o poder do amor!”

http://www.youtube.com/watch?v=YvZOTdcqHXY&feature=fvsr



Confira algumas frases encantadoras do filme:

” - O que você quer ser quando crescer?
- Encontrado!”

“A música, é um lembrete que Deus nos deixou de que existe algo além.”

“A música, está em tudo ao nosso redor. Tudo o que temos que fazer é ouvir.”

“Se não nos acharem, teremos que ir atrás deles.”

“Acredito em música como alguns acreditam em contos de fadas.”

“Tem que gostar de música mais do que de comida. Mais do que a vida. Mais do que você mesmo!”
http://www.youtube.com/watch?v=FFXcdFSEEtM&feature=fvsr

http://www.youtube.com/watch?v=S1Yd1DxFOW4&feature=fvsr

“Sabe o que é música? Ligação harmônica entre todos os seres vivos.”
http://www.youtube.com/watch?v=rcsZ671maPQ&NR=1&feature=fvwp

“No fundo, sei que eles sempre me quiseram.”

” - Há quanto tempo está aqui?
- Onze anos e dezesseis dias. Tenho contado.”

” Ouça! Consegue ouvir?
A música? Eu consigo ouví-la em qualquer lugar…
No vento… No ar… Na luz… Está ao nosso redor…
A gente precisa se abrir…
A gente só… Precisa ouvir.”

http://www.youtube.com/watch?v=IKqSnQHhaXs

sábado, 2 de abril de 2011

"Creio Reikiano"




Creio que dessa Energia tudo é feito
Creio que essa Energia é a luz que me protege
Creio que por essa Energia fui gerado

E me devolve a alegria

Creio que essa Energia é que dá forças
Mão amiga que na senda me conduz
De curar meu presente e meu passado
Na evolução do meu Ser...

E me devolve a Sabedoria

Creio que essa Energia é a Vida, é o Amor
Que restaura e harmoniza.

Creio que essa Energia é a cura, é a paz
A cura de todo o mal que me tenha acometido
É o balsámo que acalma
É a benção concedida à Alma pura
É o sopro Vital que toda dor ameniza

Que me torna um novo ser renascido!
 
* * *

tirada de um site de Reiki (me esqueci de anotar qual?!... hihihi)

* * *

O valor de uma iniciação de Reiki


O aluno sábio de Reiki compreende que receber uma iniciação não o torna um terapeuta reiki, ele simplesmente é alguém que recebeu uma iniciação reiki. Ser um terapeuta reiki requer treinamento e prática. Ele vê que, assim como sintonizamos um rádio em uma determinadas estação, também, através da iniciação reiki, nós somos sintonizados na “frequência espiritual” do reiki. E, ao ter sido sintonizado na frequência reiki (assim como faríamos ao sintonizar o rádio na estação desejada) – nós precisamos apenas ouvir.

James Deacon, em “REIKI FLESH, REIKI BONES, Observations on the Adventure that is our ‘Journey with Reiki’ excerto retirado do blogue brasileiro terapiareiki.wordpress.com.

* * *

por sofiavieiramartins

A Arte de Ser Luz



EU AMO NA LUZ.
EU VIVO NA LUZ.
EU SIRVO NA LUZ.
EU SOU SUSTENTADO PELA LUZ.
EU SIRVO ALEGREMENTE A LUZ.
PORQUE EU SOU LUZ
EU SOU LUZ
EU SOU LUZ
EU SOU
EU SOU
EU SOU
...


"Somos estrelas de bem-aventurança. Cada um de nós é um sol. Pensar nisso é evocar essa luz.

Sentir-se irradiante nesse mundo - tão cheio de pessoas carregando mágoas e expostas a diversos tipos de suscetibilidades energéticas -, é tornar-se rico de possibilidades espirituais.

Ser consciente dessa luz é viver em abundância interna.

A matéria é energia condensada. E a energia é matéria sutilizada. Logo, tudo é energia em graus variados de densidade. Por isso, os mestres herméticos da antiguidade diziam que ‘tudo é luz!'

E eles estavam corretos: luz é vida; é movimento; é vibração; é energia. A energia reflete o que pensamos, sentimos e fazemos uns com os outros. A qualidade da nossa energia depende da qualidade de nossa manifestação - interna e externa -, na vida.

Quem vibra com o que faz, irradia uma energia que impulsiona aos outros na direção dos mesmos interesses e afinidades.

E o semelhante atrai o semelhante...

Então, quem quer mais luz, que seja luz!"

* * *

Wagner Borges

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Dia da Verdade!!!


"Yogah chitta vritti nirodha"
Yoga Sutra, Patañjali, I,2

"Yoga é a cessação da instabilidade da mente"


"Prabhu aap jago, Parmaatma jago,
Mere Sarve jago, Sarvatra Jago,
Dukhanta Ka Khel Ka Anta Karo,
Sukhanta Ka Khel Prakash Karo"

* * *

"Deus desperte.
Deus desperte em mim,
em todos e em todos os lugares.
Acabe com o jogo do sofrimento
e traga luz para o jogo da alegria!"