Recorda desde a divina matriz o real propósito a que vens AQUI e pelo qual AGORA te manifestas!

Enquanto um diz: Namastê, te saúdo e te reconheço como a sagrada divindade. Em outro lugar, o outro pulsa: In lake´sh, eu sou o outro em você a serviço planetário da compreensão, da aceitação, da cura, da libertação e da realização.

Aquele que tudo vê, nos inspira e responde: "Com visão e esperança danço e canto para o coração divino." Acredito que assim nasce o puro, verdadeiro e divino AMOR, nossa responsabilidade básica.

Aqui e agora é tudo que existe de ETERNO. Respiro e sinto o que simplesmente É e dentro dessa Eternidade, a lembrança IMORTAL: SOMOS UM na Divina Presença.

Seja uno com cada ser-elemento manifesto e a gratidão lhe conecta na fonte de amor e alegria infinita, paz e compaixão infinita, paciência e tolerância infinita.

No espelho do ser, o reflexo D´eus. A união do Todo se traduz num som... OM... AMEM... silêncio!

OM TAT SAT OM...

sábado, 2 de janeiro de 2010

Feliz cada novo dia :)

Thich Nhat Nanh cita um cântico que começa assim:

"Que o dia decorra bem
e a noite siga silenciosa e calma.
Que o meio do dia traga felicidades também"


"No Universo todos os seres existem e vivem uns pelos outros. Ninguém está fora desta relação includente.
Mais fundamental que o principio de sobrevivência do mais forte é o da solidariedade-amor de todos para com todos.

É isso que constitui a grande comunidade cósmica, terrena e humana e que dá origem à ajuda reciproca de um ajudar o outro a existir e a se desenvolver.

Todos se complementam: as especies, os ecossistemas e o universo inteiro.

O amor incondicional crê nas virtualidades latentes em cada ser.

Sabe por intuição que sempre sobra uma chama a ser alimentada e um sinal de esperança a ser interpretado.
Todos os sons por mais destoantes, entram na imensa sinfonia universal, por isso precisamos dos outros para ser e para nos libertar.

Temos algo a dar que somente nós podemos oferecer ao crescimento do todo. E não podemos negar essa contribuição ao Universo."

* * *

Nenhum comentário:

Postar um comentário