Recorda desde a divina matriz o real propósito a que vens AQUI e pelo qual AGORA te manifestas!

Enquanto um diz: Namastê, te saúdo e te reconheço como a sagrada divindade. Em outro lugar, o outro pulsa: In lake´sh, eu sou o outro em você a serviço planetário da compreensão, da aceitação, da cura, da libertação e da realização.

Aquele que tudo vê, nos inspira e responde: "Com visão e esperança danço e canto para o coração divino." Acredito que assim nasce o puro, verdadeiro e divino AMOR, nossa responsabilidade básica.

Aqui e agora é tudo que existe de ETERNO. Respiro e sinto o que simplesmente É e dentro dessa Eternidade, a lembrança IMORTAL: SOMOS UM na Divina Presença.

Seja uno com cada ser-elemento manifesto e a gratidão lhe conecta na fonte de amor e alegria infinita, paz e compaixão infinita, paciência e tolerância infinita.

No espelho do ser, o reflexo D´eus. A união do Todo se traduz num som... OM... AMEM... silêncio!

OM TAT SAT OM...

terça-feira, 12 de maio de 2009

Guru

"Um Mestre é como o sol radiante
que faz o lótus do coração florescer.
Não se trata de uma questão de força...
Sua presença infinitamente amorosa
e compassiva tem o poder de derreter a pedra do ego. "Amma


Deus não lhe fala diretamente. Ele Se manifesta a você através do canal de um guru e de seus ensinamentos. Discípulos são aqueles que permitem a si mesmos ser completamente disciplinados por este canal.

De Swami Sri Yukteswar ao seu discípulo Paramahansa Yogananda: "Serei seu amigo agora e por toda a Eternidade, quer esteja você no mais baixo plano mental ou no mais alto plano da sabedoria. Serei seu amigo mesmo se você errar, pois é ai que precisará da minha amizade mais do que em qualquer outra ocasião."

É dever do guru e do discípulo serem leais um ao outro, não somente numa vida, mas em quantas vidas se fizerem necessárias, até o discípulo alcançar Deus. Aqueles que são cem por cento leais ao guru, podem estar certos da libertação e ascensão finais.

Pode-se ter muitos professores, mas apenas um guru, que permanecerá como nosso guru mesmo em vidas futuras, até que o discípulo alcance a meta final da emancipação em Deus. Você deve sempre lembrar-se disso, uma vez que este relacionamento foi estabelecido.

Meu guru me mostrou como usar o cinzel da sabedoria para fazer de mim um templo digno de receber a Presença de Deus. Cada homem pode fazer o mesmo, seguindo os preceitos de mestres divinamente iluminados.

Os Mestres, os Bons Pastores deste mundo, descem de seus altos planos espirituais e dedicam suas vidas à busca de discípulos que estão perdidos nas trevas. Eles os encontram em lugares desolados e perigosos, despertam-nos, erguem-nos em seus ombros divinos e os conduzem com alegria para um lugar seguro no aprisco divino.

Eles os nutrem com alimento celestial e lhes dão para beber a água vivificante de tal forma que, se o homem comer desse alimento e beber dessa água, viverá para sempre. Eles lhes dão a força para se tornarem filhos de Deus. Eles dão suas próprias vidas, até o último grama de carne, até a última gota de sangue, para a redenção das ovelhas que atendem o seu chamado.

"Encontra-se o verdadeiro céu unindo-se a pequena vida com a Vida em tudo, estendendo-se a todos solidariedade e compreensão, unindo-se a consciência humana à Consciência Cósmica e fundindo-se as alegrias humanas nas alegrias puras de todos os corações e na Alegria de toda a criação."

Paramahamsa Yogananda


Nenhum comentário:

Postar um comentário