Recorda desde a divina matriz o real propósito a que vens AQUI e pelo qual AGORA te manifestas!

Enquanto um diz: Namastê, te saúdo e te reconheço como a sagrada divindade. Em outro lugar, o outro pulsa: In lake´sh, eu sou o outro em você a serviço planetário da compreensão, da aceitação, da cura, da libertação e da realização.

Aquele que tudo vê, nos inspira e responde: "Com visão e esperança danço e canto para o coração divino." Acredito que assim nasce o puro, verdadeiro e divino AMOR, nossa responsabilidade básica.

Aqui e agora é tudo que existe de ETERNO. Respiro e sinto o que simplesmente É e dentro dessa Eternidade, a lembrança IMORTAL: SOMOS UM na Divina Presença.

Seja uno com cada ser-elemento manifesto e a gratidão lhe conecta na fonte de amor e alegria infinita, paz e compaixão infinita, paciência e tolerância infinita.

No espelho do ser, o reflexo D´eus. A união do Todo se traduz num som... OM... AMEM... silêncio!

OM TAT SAT OM...

terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Equilíbrio, a busca e o encontro...


"Faça uma nova fôrma para você com o poder da sua vontade.
Aqueles que se superaram, vivem m paz,
tanto no calor quanto no frio,
no prazer quanto na dor,
no elogio como na crítica.
Para eles, um punhado de terra,
uma pedra e ouro, são o mesmo.
São imparciais e por isso
se elevam a grandes alturas. "
Krishna

Um ciclo após o outro sem fim, eternamente navegamos entre o dentro e fora, a força dos opostos nos instiga num ilimitado esvaziar e preencher. Por entre os pares complementares co-existimos: dia e noite, sol e lua, alegria e tristeza, extroversão e introversão, ter e ser, etc...

Assim é!

Nessa busca pelo equilíbrio, cada vez fica mais claro o essencial, um encontro único que se expressa no elo da meditação. Procuramos tanto satisfações através do exterior, que nos foram condicionadas desde a infância, quando tudo se resume nesse universo da verdade interior que tudo revela.

Nos cabe apenas aceitar, viver, entregar e confiar, está sempre tudo certo e tudo é bom!

É isso! Tão simples que confunde a mente e esta nos preeenche de desatinos, nos encobre de emoções que insistem em nos desviar desse caminho pleno; o caminho da meditação é o caminho do coração. E para o amor, somente a união é responsável pela nutrição vital.

É preciso aprender a nadar nesse oceano até alcançar o que sempre esteve presente.

É preciso coragem para cortar todas as falsas idéias acumuladas do passado.

É preciso vontade para limpar o jardim interior e transformar...

Eu lhe confesso que depois que se desliga do "mundo" por um tempo, é díficil voltar a se adequar ao que era. Nada mais tem sentido porque tudo recebe um sentido diferente, mais belo e coerente!

A compreensão do sentido da vida nos impulsiona a outras esferas que não condizem com o materialismo infidável de nosso mundo consumista e tecnológico. O erro não está em ter, mas na forma que se faz uso do que se tem!

A evolução é um fato e é incrível, para aquele que resolve sair da caverna escura e ao despertar para a LUZ, acordar para o SENTIDO DA VIDA!


Continuemos seguindo.... para o bem, pelo bem e com o bem...


Namastê... O divino que habita em mim, saúda e reconhece o divino em ti!

Beijos de coração a coração, no equilíbrio do UM no TODO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário