Recorda desde a divina matriz o real propósito a que vens AQUI e pelo qual AGORA te manifestas!

Enquanto um diz: Namastê, te saúdo e te reconheço como a sagrada divindade. Em outro lugar, o outro pulsa: In lake´sh, eu sou o outro em você a serviço planetário da compreensão, da aceitação, da cura, da libertação e da realização.

Aquele que tudo vê, nos inspira e responde: "Com visão e esperança danço e canto para o coração divino." Acredito que assim nasce o puro, verdadeiro e divino AMOR, nossa responsabilidade básica.

Aqui e agora é tudo que existe de ETERNO. Respiro e sinto o que simplesmente É e dentro dessa Eternidade, a lembrança IMORTAL: SOMOS UM na Divina Presença.

Seja uno com cada ser-elemento manifesto e a gratidão lhe conecta na fonte de amor e alegria infinita, paz e compaixão infinita, paciência e tolerância infinita.

No espelho do ser, o reflexo D´eus. A união do Todo se traduz num som... OM... AMEM... silêncio!

OM TAT SAT OM...

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Grande Profeta

"O amor verdadeiro existe no coração.
Este amor não pode ser pronunciado nem expresso em palavras.
As palavras pertencem ao intelecto.
Não há amor nas palavras; só ego.
Vá além das palavras para chegar ao coração. "
Amma


Mais lindo que o admirar em contemplação, é o se integrar com tudo que há, quer seja um pingo de chuva ou raio de sol!


Grande Profeta fale-me do Amor

E ele ergueu a cabeça, olhou nos meus olhos, olhou para o céu.
Mergulhado no silêncio de si mesmo falou com a voz plena e profunda...

Quando o Amor te chamar, pegue-o!
Embora seus caminhos sejam árduos e desafiantes

E quando Ele te envolver com suas asas, ceda!
Embora a espada oculta na sua plumagem possa ferir

E quando Ele falar, acredite!
Embora sua voz possa despedaçar seus sonhos como o vento devasta o jardim

Pois da mesma forma que o Amor coroa ele crucifica
E da mesma forma que ele te faz crescer ele cega
E da mesma forma que ele sobe a sua altura e acaricia seus mais delicados ramos que se embalam ao sol
Ele desce até as suas raízes e a sacode no seu apego a terra
Como feixes de trigo o Amor te aperta junto ao seu coração
Ele te debulha para expor a sua nudezE
le te peneira para te libertar das palhas
Ele te amassa para te tornar maleável
Então, Ele te leva ao Fogo Sagrado e te transforma no pão místico do banquete Divino

Todas estas coisas o Amor fará contigo para que conheça os segredos do teu próprio coração, e assim, se converta no fragmento do coração da vida
Mas se o medo te faz buscar somente a paz do Amor, o gozo do amor, então, melhor seria cobrir sua nudez e abandonar-se no mundo sem estações, aonde se ri, mas não todos os risos e se chora, mas não todas as lágrimas

O Amor nada dá se não de si próprio
E nada recebe se não de si mesmo
O Amor não possui e não quer ser possuído
O Amor se basta no próprio Amor
Quando você Ama não diga Deus está no meu coração
Diga antes, eu estou no coração de Deus

E não imagine que possa dirigir o curso do Amor
Pois o Amor, se te achar digno, determinará ele mesmo seu próprio curso
O Amor não tem desejos se não o da própria realização
No entanto, você Amar e precisar ter desejos
Que sejam estes os teus desejos
De fluir no Amor e ser como um riacho que canta sua melodia para a noite
De conhecer a dor e sentir muita ternura
De cair ferido pela própria compreensão do Amor
De sangrar plena e alegremente

Acordar com o coração aberto e agradecido pelo novo dia de Amor
De descansar ao meio dia e meditar sobre o êxtase do Amor
De voltar para casa ao entardecer com Gratidão pelo Amor
E de adormecer com uma prece no coração para o Bem Amado
E nos lábios uma canção de bem aventurança

O Profeta - Khalil Gibran - "AMOR Fonte de Toda a Existência"
OM... Ternura...
Sincero Amor Puro, Puramente Incondicional

Nenhum comentário:

Postar um comentário