Recorda desde a divina matriz o real propósito a que vens AQUI e pelo qual AGORA te manifestas!

Enquanto um diz: Namastê, te saúdo e te reconheço como a sagrada divindade. Em outro lugar, o outro pulsa: In lake´sh, eu sou o outro em você a serviço planetário da compreensão, da aceitação, da cura, da libertação e da realização.

Aquele que tudo vê, nos inspira e responde: "Com visão e esperança danço e canto para o coração divino." Acredito que assim nasce o puro, verdadeiro e divino AMOR, nossa responsabilidade básica.

Aqui e agora é tudo que existe de ETERNO. Respiro e sinto o que simplesmente É e dentro dessa Eternidade, a lembrança IMORTAL: SOMOS UM na Divina Presença.

Seja uno com cada ser-elemento manifesto e a gratidão lhe conecta na fonte de amor e alegria infinita, paz e compaixão infinita, paciência e tolerância infinita.

No espelho do ser, o reflexo D´eus. A união do Todo se traduz num som... OM... AMEM... silêncio!

OM TAT SAT OM...

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Humildade



A humildade é a manifestação de um coração compreensivo, e serve de exemplo de grandeza a ser seguido pelos outros.


As chuvas da misericórdia Divina não se acumulam no topo das montanhas do orgulho, mas fluem facilmente para os vales da humildade.


O orgulho cega, apagando a visão de vastidão que as grandes almas possuem. A humildade é o canal através do qual o fluxo divino do Poder e da Misericórdia fluem até às almas receptivas.


A humildade cresce com o entendimento de que Deus é o Executor, não você. Depois que você tiver percebido isso, como poderá orgulhar-se de qualquer feito? Guarde sempre em sua mente que, qualquer que seja o trabalho que você estiver fazendo, é o Senhor quem está agindo através de você.

Conforme Jesus ensinou, "o maior homem é aquele que se considera o menor". O verdadeiro líder é aquele que primeiramente aprendeu a obedecer aos outros, aquele que quer ser o servo de todos, aquele que nunca se coloca num pedestal.


Aqueles que querem ser enaltecidos, não merecem a nossa admiração, mas aqueles que nos servem têm direito ao nosso amor. Não é Deus o servo de todos os seus filhos e, no entanto, pede Ele louvores? Não! Ele é grande demais para ser tocado por isto.

Pouco conhecimento é algo perigoso, pois o devoto poderá sentir-se envaidecido, satisfeito consigo mesmo, falsamente supondo que Deus é aquilo que ele sabe. Há um provérbio que diz que antes da queda vem o orgulho. Uma pessoa que se admira dos próprios feitos tende a se privar de continuar seus esforços. (...) Aquele que está livre da sensação de valor pessoal torna-se cada vez mais espiritualizado, até tornar-se um com Deus.


Se o seu trabalho nesta vida é modesto, não se desculpe por isso. Orgulhe-se, porque você está executando a tarefa que lhe foi dada pelo Pai. Ele precisa de você exatamente nesse lugar; as pessoas não podem desempenhar, todas elas, o mesmo papel. Quando você trabalhar com o único objetivo de agradar a Deus, as forças cósmicas harmoniosamente lhe assistirão.


Paramahansa Yogananda

Nenhum comentário:

Postar um comentário